Buscar
  • M. Marinho

Política e Religião, nós precisamos discutir

Em vários períodos da história da humanidade a junção entre Política e Religião se fez presente. São, ambos, incontestavelmente dois elementos que fazem parte da vida de todos os habitantes de uma sociedade, de forma direta e/ou indireta.


No Brasil, em especial, nos últimos 10 a 15 anos, as chamadas "bancadas da bíblia" têm crescido fortemente em todas as esferas do poder Político. Legisladores e Executivos afiliados, acima até de seus partidos, à denominações religiosas passaram a consolidar um tipo de projeto de Poder emanado dos púlpitos, e que tem assumido papel importante nas questões políticas e sociais do tempo presente. Líderes religiosos de vários matizes se ocupam, para além de orar ou rezar por seus escolhidos, em agir como chanceladores e, até, legitimadores da imagem, em alguns casos, messiânica de atores políticos.


Mas qual o impacto disso em nossa sociedade? É legítimo que fatores dogmáticos se sobreponham à questões de saúde pública, econômicas e de várias ordens no momento das tomadas de decisões políticas?


Para contribuir com nossa compreensão sobre o cenário de total imbricamento entre Política e Religião no Brasil, o professor Marcos Marinho convidou a pesquisador Tathiana Chicarino para essa Live de Sexta. Tathiana é Cientista Política. Professora de pós-graduação na Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo. Pesquisadora do Núcleo de Estudos em Arte, Mídia e Política (NEAMP) da PUC/SP e do Grupo de Pesquisa Comunicação e Sociedade do Espetáculo Cásper Líbero. Editora da Aurora (revista de arte, mídia e política) da PUC/SP. Twitter: @tathichicarino


Contatos para palestras, cursos e parcerias: marcos@mmarinhomkt.com.br

Site: www.mmarinhomkt.com.br

Twitter/Instagram: @mmarinhomkt #sociologia#politica#comunicacao#comunicacapolitica#pesquisa#religião

2 visualizações0 comentário